Sempre preocupada com a saúde dos cidadãos itapirenses, a Santa Casa de Itapira promove diversas ações para possibilitar mais acesso a saúde e incentivar a qualidade de vida. Conheça alguns de nossos projetos:

Projeto Prevenção de doenças na infância e adolescência

Atendimento médico e hospitalar a crianças frequentadoras das Entidades de Assistência Social do Município. Todos os usuários se enquadram na renda per capita de até meio salário mínimo. Os atendimentos são em consultas em pronto socorro, exames de análises clínicas, raio x, ultrassom, tomografia, procedimentos ambulatoriais e internações. As entidades atendidas são:

  • Associação de Pais e Amigos dos Excepcionais (APAE)
  • Associação Down de Itapira
  • Casa da Criança “Celencina Caldas Sarkis”
  • Casa Transitória Flávio Zacchi
  • Associação de Preparo ao Adolescente – Guarda Mirim
  • Lar Espírita Gracinda Batista
  • Lar São Vicente de Paulo
  • Pastoral Nossa Senhora Aparecida
  • SEPIN – Serviços Evangélico de Proteção à Infância
  • SOS – Serviços de Obras Sociais
  • Jovem em Ação
  • NAI Cantinha da Amizade (Barão)
  • NAI Cristal Amarelo (Figueiredo)
  • NAI Criança Feliz (Antônio Assad Alcici)
  • NAI Arco Íris (Della Rocha)
  • NAI Balão Mágico (Jardim Raquel)
  • Comunidade Nossa Senhora Aparecida

Atendimento no CAPS

Através de um convênio realizado com o município de Itapira, a Santa Casa disponibiliza diversos recursos materiais e humanos que proporcionam atendimento profissional aos usuários do Centro de Atenção Psicossocial de Álcool e Drogas.

Internações gratuitas em leitos de alta complexidade

A Santa Casa de Itapira vem, constantemente, realizando internações gratuitas de pacientes encaminhados pelo Hospital Municipal, principalmente em leitos e UTI, com o intuito de liberar filas de espera das emergências do SUS. Só em 2015, foram atendidas 386 diárias de UTI gratuitamente.

Curso de Cuidadores de Idosos

Em parceria com o Conselho Municipal do Idoso, a Santa Casa desenvolveu um curso de 160 horas para qualificar os cuidadores de idoso de nossa cidade. Só em 2016, mais de 50 profissionais foram preparados, gratuitamente, para atender as mais diferentes necessidades dos idosos.